UCT Digital

Home » UCT Digital » Blog UCT » O uso de bicicletas na mobilidade urbana

blog UCT

23/07/2018

O uso de bicicletas na mobilidade urbana



Jeniffer Elaina - formada em Marketing com pós-graduação em Administração de Empresas na FGV

A mobilidade urbana tem sido um dos assuntos mais recorrente entre as pessoas sensatas, assim como o uso de bicicletas para sua melhoria.

O aumento da frota veicular, só no ano de 2017, registrou um aumento de 1,37%, fazendo com que passassem a circular nas ruas brasileiras mais de 65 milhões de veículos.

Esse crescimento faz com que não apenas a emissão de gases poluentes sofra uma alta preocupante, mas os transtornos e os acidentes de trânsito também têm sido frequentes.

No entanto, o uso de bicicletas vem se mostrando uma excelente solução para a melhoria da mobilidade urbana. Além de promover uma maior possibilidade para o cumprimento do direito de ir e vir, esse é um meio de transporte muito mais econômico e saudável que todos os demais disponíveis.

Os maiores problemas da mobilidade urbana no Brasil e no mundo

Muitas cidades brasileiras estão começando a sofrer com problemas que antes eram exclusivos de capitais maiores como as cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba, por exemplo.

O grande número de veículos promove imensos congestionamentos, limitações de locomoção, um maior índice de acidentes de trânsito e o aumento da poluição do ar. Essa última, por sua vez, vem aumentando os registros de problemas respiratórios, especialmente em crianças e idosos.

O problema de mobilidade urbana não é exclusivamente brasileiro. Existem muitos países que se encontraram em situações complicadas relacionadas a mobilidade urbana, mas que viram uma chance de mudar seus cenários no incentivo ao uso de bicicletas .

Alguns bons exemplos são as cidades de Amsterdã, capital da Holanda, onde existem mais bicicletas do que pessoas, e elas são prioridades no trânsito.

Há ainda a cidade de Copenhague, capital da Dinamarca, onde praticamente metade da população utiliza apenas a bicicleta como meio de transporte, tanto para ir trabalhar e estudar como para passeios, e esse número inclui os parlamentares locais.

Passos para otimizar a mobilidade urbana com o uso de bicicletas

O primeiro passo para facilitar a mobilidade urbana com o uso de bicicletas é promovendo vias seguras para que as pessoas possam circular tranquila e facilmente nas cidades.

Outro dos passos que pode e deve ser dado é a informação, pois é preciso que as pessoas realmente entendam a importância e os benefícios de preterir a bicicleta ao invés dos veículos motorizados, especialmente para o deslocamento de pequenas distâncias.

O incentivo à substituição do meio de transporte também deve ser feito por meio dos órgãos governamentais, responsáveis pela mobilidade urbana de cada cidade.

Um bom exemplo de incentivo a essa substituição são os roteiros turísticos brasileiros desenvolvidos para bicicletas que estão se tornando cada vez mais comum, especialmente nas principais cidades, como o Rio de Janeiro, onde existem diversos pontos em que é possível alugar bicicletas para realização de passeios.

Não podemos nos esquecer do aumento do ecoturismo no Brasil, que incentiva passeios a pé e de bicicleta, para que a experiência seja melhor aproveitada.

Esses são os principais passos para que a mobilidade urbana seja otimizada com o uso de bicicletas, mas cada um pode fazer sua parte deixando o carro um pouco na garagem.

Os mais lidos