UCT Digital

Home » UCT Digital » Blog UCT » O líder e as atitudes que constroem o sucesso

blog UCT

07/02/2017

O líder e as atitudes que constroem o sucesso



Gilclér Regina - Administrador, Consultor, Escritor e Palestrante

Você vai ler:

A mente e as atitudes do cotidiano.

Duas atitudes que prejudicam os negócios.

Os recursos de uma liderança sólida.

Tudo o que vem até você é atraído pela maneira como você pensa e pelas imagens que você guarda em sua mente. Esta é a diferença que faz com que 2% dos adultos do planeta detenha mais da metade da riqueza mundial – segundo pesquisa divulgada em dezembro/2006 pelo Instituto Mundial de Pesquisa Econômica e Desenvolvimento da Organização das Nações Unidas (ONU).

São coisas que os babilônios já sabiam, assim como Platão, Shakespeare, Newton, Beethoven, Einstein, entre outros.

Todo esse comportamento da mente é transformado em atitudes diárias do ser humano que faz sucesso e notadamente no trabalho de liderança que é desenvolvido dentro das empresas.

Uma empresa começa quebrar cinco anos antes e a razão disso é centrada, em geral, em duas atitudes de liderança, igualmente nocivas ao negócio.

A primeira são pessoas que não sabem delegar, que tem que se meter em tudo e se irritam até com a posição do cafezinho na sala. Opinam até em qual marca de sabonete se deve ou não comprar! Aliás, estes enfartam cedo.

Do outro lado está o despreocupado por completo, aquele que faz de conta que é míope e “não enxerga” muitas coisas.

Prefere não despedir para não queimar sua imagem, vai relevando os erros daqueles que sempre chegam atrasados ou dos que fazem interurbanos com o telefone da empresa.

Ou ainda fazem “vista grossa” para aqueles que ficam horas na Internet conversando com amigos e visitando sites inúteis. A própria equipe começa a pensar que se nem o “chefe” se preocupa, muito menos eles devem se preocupar.

Na primeira situação o resultado é desastroso, causando um constante mal-estar, um ambiente carregado. Na segunda, sente-se o desleixo daquele que deveria ser o exemplo.

Sentem-se inseguros e não apostam no futuro da empresa, nem de suas carreiras por lá.

O líder de verdade aposta no negócio, na tecnologia e, acima de tudo, nas pessoas. Ele sabe que elas devem fazer a diferença, focadas no negócio, comprometidas e não apenas envolvidas. Acredita que todos, sejam quais forem os cargos, devem ter uma meta, um grande objetivo, tudo centrado nos ideais e propósitos do negócio.

Diz um velho ditado que quem queimou a língua com sopa quente não esquece de soprar a próxima vez.

Na empresa, nós podemos delegar, compartilhar, persuadir, determinar, conforme as equipes e o nível de tarefa exigido. Mas não faz mal a ninguém remapear sempre o terreno para ver como as coisas estão fluindo.

Lembre-se:                           

O que você pensa é a base das suas atitudes.

Procure exercer uma liderança equilibrada e ser produtivo.

Considere as pessoas em primeiro lugar para alcançar as metas.

 E você..

Como encara o poder da sua mente?

Acredita que sua liderança é eficaz?

Como se vê e como é visto como líder?

É expressamente proibida qualquer reprodução sem autorização prévia por escrito.

© Todos os direitos reservados. www.rh.com.br

Os mais lidos